Header Ads

PTEROSSAURO "DRAGÃO DA MORTE" DESCOBERTO NA ARGENTINA


 Um novo tipo de réptil voador da era dos dinossauros foi descoberto nas montanhas dos Andes.

Datando de 86 milhões de anos, a nova espécie - que foi descoberta na província de Mendoza, no oeste da Argentina - era inegavelmente massiva, medindo até 30 pés de comprimento.

Nomeado Thanatosdrakon amaru (ou 'dragão da morte'), este gigante pré-histórico não pertence a nenhum gênero conhecido anteriormente.

“Não temos um registro atual de nenhum parente próximo que tenha uma modificação corporal semelhante a essas feras”, disse o líder do projeto, Leonardo Ortiz.

Descrevendo a descoberta como o "maior pterossauro que cruzou os céus do Cretáceo da América do Sul descoberto até agora", os pesquisadores observaram que sua descoberta "expandiria o conhecimento sobre a anatomia desse grupo diversificado de pterossauros".

Basta dizer que o 'dragão da morte' teria sido uma visão verdadeiramente aterrorizante de se ver.