Header Ads

DESCOBERTAS EVIDÊNCIAS DO MAIOR TERREMOTO JÁ REGISTRADO NO MUNDO


 Os cientistas encontraram sinais de um terremoto histórico tão grande que produziu um tsunami de 5.000 milhas de comprimento.

Até recentemente, o maior terremoto registrado ocorreu no sul do Chile em 1960, que atingiu uma magnitude de até 9,6, matou 6.000 pessoas e produziu um tsunami devastador.

Agora, no entanto, os cientistas encontraram evidências de um terremoto ainda maior - um que foi tão poderoso e devastador que deixou litorais inteiros desabitados por 1.000 anos.

Ocorreu 3.800 anos atrás - novamente no Chile - exceto desta vez no norte e não no sul.

"Pensava-se que não poderia haver um evento desse tamanho no norte do país simplesmente porque você não poderia obter uma ruptura longa o suficiente", disse o coautor do estudo, James Goff.

Uma análise da vida marinha e costeira na região sugere que este mega-terremoto foi verdadeiramente apocalíptico e teria devastado absolutamente os assentamentos humanos ao longo da costa.

"A população local ficou sem nada", disse Goff.

"Nosso trabalho arqueológico descobriu que uma enorme agitação social se seguiu à medida que as comunidades se deslocavam para o interior, além do alcance dos tsunamis. Passaram-se mais de 1.000 anos antes que as pessoas voltassem a viver na costa novamente, o que é um período de tempo incrível, já que dependiam do mar por comida".

Preocupantemente, se um terremoto de tamanho semelhante ocorrer novamente na região no futuro – e dadas as populações muito maiores que existem lá agora – isso poderia causar devastação além da imaginação.