Header Ads

LUZ VISÍVEL DA SUPERFÍCIE DE VÊNUS CAPTURADA DO ESPAÇO PELA PRIMEIRA VEZ


A Parker Solar Probe da NASA capturou recentemente imagens de Vênus diferentes de qualquer outra vista antes.

Com temperaturas de superfície superiores a 860 graus e pressões atmosféricas esmagadoras que são mais de 100 vezes as encontradas em nosso próprio planeta, as condições em Vênus são inegavelmente infernais.


A maior parte do que sabemos sobre nosso vizinho planetário mais próximo, portanto, veio da observação remota, e não da exploração direta de sua superfície.

Agora, pela primeira vez, a Parker Solar Probe da NASA - que está em uma missão para explorar o Sol - capturou imagens de Vênus que mostram o brilho incandescente de sua superfície irradiando através de sua atmosfera.

Tiradas com o Wide-field Imager da sonda, as imagens fornecem um vislumbre único do que está sob as nuvens espessas do planeta e ajudarão os cientistas a aprender mais sobre suas características geológicas de superfície.

"Vênus é a terceira coisa mais brilhante no céu, mas até recentemente não tínhamos muitas informações sobre como era a superfície porque nossa visão dela é bloqueada por uma atmosfera espessa", disse o astrofísico Brian Wood, do Laboratório de Pesquisa Naval dos EUA.

"Agora, finalmente estamos vendo a superfície em comprimentos de onda visíveis pela primeira vez do espaço."

"Está tão quente que a superfície rochosa de Vênus está visivelmente brilhante, como um pedaço de ferro retirado de uma forja."

Um vídeo da NASA detalhando as novas imagens pode ser visto acima.