Header Ads

ROVER CURIOSITY ENCONTRA POSSÍVEL EVIDÊNCIA DE VIDA EM MARTE


Carbono associado a processos biológicos foi descoberto em amostras analisadas pelo rover.

É a notícia que todos esperavam ouvir - possíveis evidências de vida extraterrestre antiga que os cientistas especularam que poderiam ter prosperado em Marte bilhões de anos atrás.

Mas não fique muito animado ainda porque, como sempre com essas descobertas, é impossível descartar explicações alternativas e serão necessários mais estudos (e possivelmente missões futuras) para saber com certeza.

A empolgação envolve os resultados de uma análise de amostras de rocha em pó realizada pelo laboratório de química de análise de amostras em Marte (SAM) a bordo do rover.

Os resultados indicam a presença de um tipo de carbono geralmente indicativo de processos biológicos.

"Estamos encontrando coisas em Marte que são tentadoramente interessantes, mas realmente precisaríamos de mais evidências para dizer que identificamos vida", disse Paul Mahaffy, da NASA.

“Então, estamos analisando o que mais poderia ter causado a assinatura de carbono que estamos vendo, se não a vida”.

A chave para determinar se o carbono é ou não indicativo de vida alienígena antiga será levar em conta as diferenças entre a Terra e Marte.

"A coisa mais difícil é deixar de lado a Terra e deixar de lado esse preconceito que temos e realmente tentar entrar nos fundamentos da química, física e processos ambientais em Marte", disse a astrobióloga de Goddard Jennifer L. Eigenbrode.

"Precisamos abrir nossas mentes e pensar fora da caixa".