ALEMÃO DE 84 ANOS TEVE TANQUE DA 2º GUERRA MUNDIAL EM SUA ADEGA


 Os advogados estão atualmente negociando penalidades para um alemão que guardava 'armas de guerra' em seu porão.

A história peculiar começou em 2015, quando uma quantidade significativa de armamentos da Segunda Guerra Mundial foi removida do porão de um aposentado que vivia na cidade de Heikendorf, no norte da Alemanha.

Entre sua coleção estava um tanque Panther de tamanho real, um canhão antiaéreo, um torpedo e uma grande seleção de armas pequenas, incluindo rifles de assalto e pistolas.

Manter esses itens é considerado ilegal no país devido à Lei de Controle de Armas de Guerra da Alemanha, que proíbe a fabricação, venda, armazenamento ou transporte de armas usadas durante a guerra.

As autoridades teriam sido informadas após uma busca por arte nazista roubada.

O homem agora enfrenta dois problemas - uma multa potencialmente pesada de até 500.000 euros e a tarefa nada invejável de encontrar novas casas para todos os itens.

Seus advogados argumentaram que, como as armas não funcionam e o tanque foi originalmente comprado para sucata, a multa deveria ser reduzida para 50.000 euros.

Acredita-se que um museu nos Estados Unidos tenha manifestado interesse em adquirir o veículo.

A decisão final sobre o caso é esperada no próximo mês.