NOVA EXPOSIÇÃO DE OVNIS HOMENAGERÁ STANTON FIREDMAN


 O falecido pesquisador de OVNIs será o tema de uma nova exposição no Museu Regional de Fredericton, no Canadá.

Friedman, cujo interesse ao longo da vida em OVNIs o faria deixar seu trabalho como físico nuclear para estudar o assunto em tempo integral em 1970, passou mais de 50 anos investigando o fenômeno.

Ao longo das décadas, ele lecionou em mais de 600 faculdades e para mais de 100 grupos profissionais em 50 estados dos EUA e em 19 países estrangeiros. Ele publicou pelo menos 80 artigos relacionados a OVNIs, escreveu vários livros e apareceu em vários documentários de televisão e programas de rádio.

Após sua morte em maio de 2019, ele deixou para trás um vasto arquivo de arquivos cobrindo décadas de avistamentos de OVNIs, relatórios de abdução alienígena, documentos governamentais e muito, mais.

Agora, uma seleção deles, junto com artefatos, prêmios e muitos outros itens, será o tema de uma nova exposição projetada para homenagear sua vida e carreira no Museu da Região de Fredericton, no Canadá.

Com inauguração marcada para 26 de junho, terá duração de dois anos.

"Quantas pessoas de Fredericton tiveram seu obituário no New York Times?" disse a diretora executiva do museu, Melynda Jarratt. "Quantas pessoas de Fredericton se tornaram personagens de uma história em quadrinhos de Betty e Veronica? Não muitas".

"O cara era famoso. Ele é um ícone cultural e é de Fredericton".

"Ele merece ser tratado com respeito pelo trabalho incrível e extraordinário que fez na pesquisa da experiência OVNI".