250 ANTIGAS TUMBAS ESCAVADAS NA ROCHA DESENTERRADAS NO EGITO



Os arqueólogos descobriram as tumbas no cemitério Al-Hamidiyah, no deserto, 240 milhas a sudeste do Cairo.

De acordo com o Dr. Mustafa Waziri - o Secretário-Geral do Conselho Supremo de Antiguidades - os túmulos, que datam de 42.000 anos, foram construídos durante um longo período de tempo.

Há uma grande variedade no estilo e layout dos túmulos, com alguns apresentando poços funerários e outros projetados com um longo corredor inclinado terminando em uma única câmara mortuária.

Alguns deles, que datam do final do Império Antigo, foram reutilizados em épocas posteriores.

As tumbas mais recentes no local datam de 2.100 anos, no que é conhecido como Período Ptolomaico.

Mohamed Abdel-Badi - chefe do Departamento Central de Antiguidades do Alto Egito - observou que o trabalho de escavação no local havia descoberto uma série de artefatos, incluindo vasos de cerâmica.

Eles vinham em uma ampla variedade de formas e tamanhos, alguns dos quais sendo usados ​​na vida diária e outros (conhecidos como 'miniaturas votivas') projetados especificamente para fins funerários e simbólicos.

Copos, potes, pratos e vasos esféricos pintados também foram desenterrados no local.

Espera-se que outras tumbas sejam descobertas à medida que as escavações continuarem nos próximos meses.