OFICIAL RUSSO ADMITE TER ENCENADO AVISTAMENTOS DE YETI


 Um dos líderes regionais mais antigos de Putin admitiu usar um Yeti falso para atrair turistas.

As montanhas Shoria da Sibéria foram o lar de uma série de avistamentos inexplicáveis ​​de uma grande criatura bípede semelhante a um macaco ao longo dos anos, mas agora parece que pelo menos algumas delas foram uma farsa.

Aman Tuleyev - que foi governador do Oblast de Kemerovo de 1997 a 2018 - fez a confissão bastante surpreendente de que empregou um homem em um traje de Yeti para despertar o interesse na região.

"Devo admitir, confesso, sim, fui eu quem despertou o interesse no Yeti", disse ele.

Inicialmente, Tuleyev tentou angariar negócios organizando um Dia do Yeti anual com a promessa de um prêmio em dinheiro sendo oferecido a qualquer um que pudesse apresentar provas da existência da criatura.

“As pessoas começaram a chegar, correram para vasculhar as florestas”, disse ele. "Claro, ninguém encontrou o Yeti, mas Shoria atraiu cada vez mais atenção".

Uma vez que o interesse na caça desapareceu, no entanto, ele disse a seu chefe distrital - Vladimir Makuta - para "encontrar alguém alto, tirar seu terno de escritório, virar um casaco de pele do avesso e correr ... gritando para que os turistas percebam, mas eles não deve pegá-lo".

Apesar do estratagema, Tuleyev continua inflexível de que a criatura realmente existe.

“Muitos caçadores locais juram que viram um gigante de 2 metros com seus próprios olhos em lugares remotos, coberto de pelos”, disse ele.

"Os cientistas ainda não conseguiram encontrá-lo, mas parecem ter encontrado vestígios".