NAVIOS DA MARINHA DOS EUA CAPTURAM POR OBJETOS NÃO IDENTIFICADOS



Documentos do governo revelaram que o incidente com o UFO USS Nimitz 'Tic-Tac' não foi um caso isolado

No ano passado, o documentarista Dave Beaty estava conduzindo uma pesquisa quando descobriu evidências de algo notável - registros de uma série de incidentes bizarros envolvendo grupos de objetos não identificados movimentando destróieres da Marinha dos EUA na costa da Califórnia em 2019.

Esses eventos foram revelados em documentos posteriormente obtidos por The Drive através da Lei de Liberdade de Informação que sugeria que o incidente com OVNI 'Tic-Tac' de 2004 não foi de forma alguma único.

De acordo com os relatórios, o incidente, que ocorreu a cerca de 100 milhas de Los Angeles, envolveu vários navios, incluindo o USS Kidd, o USS Rafael Peralta, o USS Russell, o USS John Finn e o USS Paul Hamilton.

Os eventos começaram por volta das 22h do dia 14 de julho, quando um objeto misterioso - descrito como um UAV (veículo aéreo não identificado) - apareceu perto do USS Kidd.

Conforme os outros navios próximos foram informados da situação, outros avistamentos ocorreram - com um navio relatando uma luz vermelha piscando e outro relatando uma luz branca pairando sobre sua cabine de comando.

Na noite seguinte, os objetos misteriosos voltaram, desta vez em maior número.

Os avistamentos continuaram por três horas - muito mais do que a capacidade operacional da maioria dos drones disponíveis comercialmente - e nenhuma das tripulações foi capaz de identificar o que eram.

Imediatamente após o incidente, foi lançada uma investigação formal que acabaria chamando a atenção de funcionários de alguns dos mais altos escalões do governo.

De acordo com os documentos, no entanto, nenhuma explicação conclusiva foi encontrad
a.