60 ANOS DEPOIS - YURI GAGARIN: O PRIMEIRO HOMEM NO ESPAÇO


 Em 12 de abril de 1961, o cosmonauta soviético Yuri Gagarin se tornou o primeiro ser humano a se aventurar no espaço sideral.

A viagem espacial tripulada pode ser relativamente comum hoje, mas mais de 60 anos atrás, não estava claro se era ou não possível para um humano sobreviver no espaço.

As primeiras criaturas vivas no espaço, portanto, foram dois cães - Belka e Strelka - que foram lançados a bordo da espaçonave soviética Sputnik 5 em 19 de agosto de 1960 antes de retornar à Terra no dia seguinte.

O sucesso da missão indicava que era possível sobreviver a uma viagem ao espaço - abrindo caminho para Yuri Gagarin - o primeiro cosmonauta do mundo - tentar o que nenhum ser humano havia tentado antes.

Um dos 20 candidatos que disputavam a oportunidade de realizar a missão - Gagarin, que tinha 27 anos na época - foi escolhido possivelmente devido à sua origem de classe média (demonstrando assim que mesmo aqueles que vieram de origens modestas poderiam ter sucesso e realizar grandes feitos .)

Em 12 de abril de 1961, Gagarin subiu aos céus a bordo da espaçonave Vostok e completou uma única órbita do planeta antes de retornar à terra firme.

Durante seu vôo, tudo foi controlado do solo porque não estava claro se os efeitos da falta de peso teriam ou não comprometido sua capacidade de pensar com clareza. No entanto, havia um plano de contingência para conceder a ele o controle caso a comunicação com o solo fosse perdida.

De acordo com as transcrições do voo, ele ficou particularmente impressionado com a visão da janela, especialmente a "bela aura" e as sombras projetadas pelas nuvens na superfície da Terra.

Após seu retorno, Gagarian se tornou um herói nacional e celebridade mundial.

Sua viagem ao espaço também lhe deu uma nova perspectiva sobre o nosso mundo.

"Orbitando a Terra na espaçonave, vi como nosso planeta é lindo", disse ele.

"Gente, vamos preservar e aumentar essa beleza, não destruí-la!".