PERGAMINHO DO "LIVRO DOS MORTOS" ENCONTRADO EM SAQQARA


 Os arqueólogos que escavam um poço funerário descobriram um pergaminho de 13 pés com a inscrição de um capítulo do livro.

O papiro, que leva o nome de seu dono Pwkhaef, foi encontrado em um templo funerário da Rainha Nearit em Saqqara próximo à pirâmide de seu marido, o faraó Teti.

A própria Saqqara serviu como necrópole de Memphis - a capital do antigo Egito - e contém corpos enterrados por um longo período de mais de 3.000 anos.

O pergaminho está inscrito com o capítulo 17 do Livro dos Mortos - um manuscrito que os antigos egípcios acreditavam ter o poder de ajudar a guiar aqueles que haviam morrido após a morte.

Acredita-se que o capítulo contenha uma série de perguntas e respostas - um tipo de 'folha de cola' projetada para ajudar o falecido a navegar em seu caminho através do reino espiritual.

Uma série de fossos funerários desenterrados fora do templo também continham os restos mortais de vários indivíduos que provavelmente eram adoradores do faraó que formaram um culto após sua morte.

Curiosamente, os sepultamentos sugerem que esse culto perdurou por séculos e que muitos de seus seguidores expressaram o desejo de ser enterrados neste local.

Até agora, mais de 50 caixões de madeira foram desenterrados lá.