MONTE EVEREST "CRESCE" 86 CM EM MEDIÇÃO OFICIAL


 O Monte Everest “cresceu” quase um metro após os governos da China e do Nepal, que têm em seu território partes do pico mais alto do mundo, chegaram a um acordo em relação ao tamanho dele nessa terça-feira (8). O anúncio põe fim em mais de uma década de disputas métricas entre as nações, que sempre apresentaram dados diferentes sobre a altura do Everest – que foi determinada em 8.848,66 metros. 

A nova altura – por ora, definitiva – foi confirmada pelos ministros de Relações Internacionais da China e do Nepal, Wang Yi e Pradeep Gyawali, respetivamente, em cerimônia virtual realizada na terça. "O Everest é um símbolo eterno da amizade entre o Nepal e a China", disse Gyawali no evento. 

O número foi descoberto após duas missões independentes partirem cada uma de um lado da fronteira da base até o pico e, ambas, confirmaram a nova altura, que é quase um metro maior do que estimativas anteriores. 

Antes, o Nepal alegava que a o Everest tinha exatos 8.848 metros, conforme medição realizada pela Índia, em 1954 e, a China, informava que o pico tinha 8.844,43 metros, a partir de medição própria em 2005. A primeira vez que a altura do pico foi determinada ocorreu em 1856, quando uma equipe britânica estimou 8.842 metros para a montanha.