SOLDADO MEDIEVAL ENCONTRADO NO LAGO DA LITUÂNIA


 Os cientistas descobriram os restos mortais notavelmente bem preservados de um homem medieval com uma espada de ferro.

A descoberta, que remonta a 500 anos, foi feita durante uma inspeção subaquática da velha ponte Dubingiai no Lago Asveja, na Lituânia, como parte dos esforços para reforçar suas vigas com postes de metal.

O esqueleto, que exibiu um nível de preservação surpreendentemente alto, foi coberto por lama e lodo no fundo do lago ao longo do tempo e não foi enterrado propositalmente ali.

Embora não esteja claro como exatamente o homem morreu, ele foi encontrado com vários itens, incluindo um par de botas de couro com esporas, um cinto de couro com fivela, uma espada de ferro e duas facas com cabo de madeira.

Pesquisas anteriores haviam sugerido que uma ponte muito mais antiga ficava no mesmo local no século 16 ou 17, indicando que o homem pode ter caído ou sido jogado na água.

Com toda a probabilidade, ele era algum tipo de soldado que estava de passagem ou estacionado na área.

"Por enquanto, presumimos que os restos humanos descobertos podem estar ligados à antiga ponte que leva ao castelo Dubingiai, que estava situado no topo da colina na margem do Lago Asveja", disse a arqueóloga Elena Pranckenaite da Universidade de Klaipeda.

Esforços estão em andamento para aprender mais sobre o homem e como ele chegou lá.