O UNIVERSO É COMO UM CÉREBRO GIGANTE


 Um novo estudo observou as semelhanças estruturais impressionantes entre o universo e o cérebro dentro de nossas cabeças.

De acordo com dois pesquisadores - um astrofísico e neurocirurgião das Universidades de Bolonha e Verona - embora seja óbvio que a escala é diferente quando se compara o universo ao cérebro humano, existem semelhanças impressionantes entre os dois.

O universo é feito de galáxias, enquanto o cérebro é feito de células neuronais. Em ambos os casos, existem muitas dezenas de bilhões de cada um e eles estão conectados entre si por longos filamentos e nós para formar uma vasta e complexa teia ou rede.

Além disso, esses fios representam apenas cerca de 30% da massa em cada caso - com os outros 70% sendo compostos de água no cérebro e energia escura no cosmos.

"Calculamos a densidade espectral de ambos os sistemas", disse o astrofísico Franco Vazza, da Universidade de Bolonha. "Esta é uma técnica frequentemente empregada em cosmologia para estudar a distribuição espacial de galáxias".

"Nossa análise mostrou que a distribuição da flutuação dentro da rede neuronal do cerebelo em uma escala de 1 micrômetro a 0,1 milímetros segue a mesma progressão da distribuição de matéria na teia cósmica, mas, é claro, em uma escala maior que vai de 5 milhões a 500 milhões de anos-luz.".

Portanto, se o universo realmente tem uma estrutura semelhante ao cérebro humano, isso poderia nos dizer algo sobre a natureza da consciência? O próprio universo poderia ser consciente de alguma forma?

"Provavelmente, a conectividade entre as duas redes evolui seguindo princípios físicos semelhantes, apesar da diferença notável e óbvia entre os poderes físicos que regulam galáxias e neurônios", disse o co-autor do estudo e neurocirurgião Alberto Feletti.