CORAL "ARRANHA-CÉU" DESCOBERTO NA AUSTRÁLIA


O notável recife de coral 'destacado' é o primeiro desse tipo a ser descoberto em mais de 120 anos.

Com quase 500 metros de altura, o recife - situado na costa de Queensland - é mais alto que o Empire State Building e abriga um ecossistema próspero de espécies de corais, peixes e tubarões.

Acredita-se que tenha 20 milhões de anos em seu ponto mais profundo, o recife - que é separado da Grande Barreira de Corais - foi descoberto no mês passado durante um projeto de mapeamento de um ano.

"Estamos surpresos e entusiasmados com o que descobrimos", disse o líder da pesquisa Robin Beaman, da James Cook University (JCU). "Quando chegamos ao topo dela - tem apenas cerca de 300 por 50 metros de largura - encontramos muitos peixes e também uma população saudável de tubarões".

Para estudar o recife, a equipe está usando um robô submersível chamado 'SuBastian'.

“Como um coletivo ao longo de toda a expedição [de 12 meses], temos encontrado muitas novas espécies”, disse Beaman. "Vai levar algum tempo para trabalharmos com as imagens e as amostras que coletamos antes de podermos dizer se há novas espécies [neste recife] ou não."

A descoberta de uma estrutura de coral subaquática tão grande é um sinal de boas-vindas em um momento em que os recifes de coral sofrem com o 'branqueamento' e desaparecem devido ao aumento da temperatura do oceano.

"Esta é uma evidência da importância de explorar nosso meio ambiente submarino, para que possamos protegê-lo", disse o porta-voz do Schmidt Ocean Institute Carlie Wiener.