100 SACÓFAGOS INTACTOS DESCOBERTOS PERTO DO CAIRO


 As autoridades egípcias revelaram outra descoberta significativa na necrópole de Saqqara, ao sul do Cairo.

O notável achado arqueológico, que consiste em mais de 100 sarcófagos de madeira lacrados, ocorre apenas um mês após a descoberta de 59 caixões na mesma área.

A própria Saqqara serviu como necrópole de Memphis - a capital do antigo Egito - e contém corpos enterrados por um longo período de mais de 3.000 anos.

Acredita-se que os caixões recém-desenterrados, que foram encontrados em três fossos funerários que desciam 12 pés no solo, contêm os restos mumificados de alguns dos principais funcionários da região.

"Saqqara ainda não revelou todo o seu conteúdo. É um tesouro", disse o ministro do Turismo e Antiguidades do Egito, Khaled al-Anani. "As escavações ainda estão em andamento."

"Sempre que esvaziamos um poço de enterro de sarcófagos,

Além dos caixões, os arqueólogos também descobriram várias dezenas de estátuas e máscaras funerárias.

Acredita-se que uma estátua, que foi encontrada no túmulo de um juiz da 6ª dinastia, retrate um indivíduo chamado Heteb Ka que era "venerado pelo rei".

"A beleza da estátua ... é vista na complexidade de suas sobrancelhas, bigode e cílios. É absolutamente linda e maravilhosa", disse Mostafa Waziri, secretário-geral do Conselho Supremo de Antiguidades do Egito.

Os caixões recém-descobertos agora serão distribuídos entre os muitos museus do Egito e colocados em exibição.