MISTÉRIO, COMO ESTRELA MASSIVA SIMPLESMENTE DESAPARECE


Os astrônomos ficaram coçando a cabeça depois que uma estrela enorme que eles estavam observando desapareceu misteriosamente.

Situada a 75 milhões de anos-luz de distância na galáxia Kinman Dwarf, a estrela é conhecida como variável azul luminosa e é incrivelmente 2,5 milhões de vezes mais brilhante que o Sol.

Foi objeto de estudo por mais de uma década, até em 2019, quando o aluno de doutorado Andrew Allan do Trinity College Dublin e colegas, que planejavam fazer novas observações usando o Very Large Telescope (VLT) do Observatório Europeu do Sul (ESO), descobriram, para sua surpresa, que a estrela havia desaparecido completamente.

Os astrônomos especulam que a estrela pode ter entrado em colapso em um buraco negro, mas isso geralmente é inédito, pois esse evento deveria ter sido acompanhado por uma explosão de supernova.

"Ficamos surpresos ao descobrir que a estrela havia desaparecido!" disse Allan. "Seria altamente incomum uma estrela tão grande desaparecer sem produzir uma explosão brilhante de supernova".

Também é possível que a estrela tenha se transformado em uma estrela menos luminosa, parcialmente escondida pela poeira, o que também explicaria por que parece ter desaparecido de vista.

De qualquer forma, é um mistério que os astrônomos trabalharão ativamente para resolver nos próximos anos.

"Podemos ter detectado uma das estrelas mais massivas do universo local entrando suavemente na noite", disse o co-autor do estudo, Jose Groh.