Universo Misterioso

CONHEÇA EMMY NOETHER, A MATEMÁTICA QUE CRIOU TEOREMA BASE DA ÁLGEBRA MODERNA


A matemática alemã Emmy Noether foi mais uma dentre tantas outras mulheres cientistas que nunca receberam o devido reconhecimento. Seu Teorema de Noether foi o pioneiro da álgebra moderna ao explicar a conservação de grandezas físicas usando simetrias das leis da natureza.

Parece complexo? Até o físico Albert Einstein se impressionou com a cientista, escrevendo uma carta ao New York Times na ocasião de sua morte na qual disse: “no julgamento dos matemáticos vivos mais competentes, a senhora Noether foi um dos gênios criativos matemáticos mais significantes produzidos desde que a educação superior para as mulheres começou”. O reconhecimento, porém, nunca foi oficial. Em todos os 18 anos que lecionou na Alemanha, nunca foi paga pelo trabalho.

Conheça a vida e carreira de Emmy Noether:

Vontade de estudar

Nascida em 23 de março de 1882, em Erlangen, na Alemanha, Noether era de uma família classe média judia. Seu pai, um matemático, incentivou-a a estudar, e ela se qualificou como professora de línguas em 1900. No mesmo ano, descobriu que mulheres poderiam frequentar aulas na universidade local, mas sem se matricular. Quando as mulheres finalmente puderam receber diplomas universitários, ela se formou e começou a lecionar na instituição — sem ser paga, claro.

Convite para a Universidade de Gottingen

A partir de 1913, Noether publicou trabalhos sobre a aplicação prática dos métodos do matemático David Hilbert, que desenvolveu um novo conjunto de axiomas para a geometria. Em 1915, foi convidada pelo próprio Hilbert para integrar seu time na Universidade de Gottingen, na Alemanha. A instituição, porém, se recusou a permitir que ela fosse empregada como uma professora júnior, citando o fato de ser mulher. “Não vejo por que o sexo da candidata é relevante, afinal isso é uma instituição acadêmica, não uma casa de banhos”, Hilbert teria dito, em uma frase que se tornou célebre.

Reconhecimento somente entre os pares

Não demorou para que Noether começasse a se destacar. Além de estudar mais a fundo a recém-publicada Teoria da Relatividade de Einstein, a matemática iniciou o desenvolvimento de seu teorema.

O teorema

Se hoje entendemos as órbitas dos planetas ou podemos ampliar a busca pelo Bóson de Higgs, é muito graças ao Teorema de Noether. Ela descobriu a relação entre simetria e conservação, revelando que se um objeto ou um sistema na natureza têm simetria — ou seja, a capacidade de permanecer igual mesmo depois de submetido a mudanças — há correspondência na lei de conservação, como a conservação da energia.

Perseguição nazista

Em 1933, quando Adolf Hitler chegou ao poder da Alemanha, ele ordenou que todos os funcionários judeus fossem demitidos. Noether não só perdeu o “emprego”, como se sentiu ameaçada pelo regime nazista que se consolidava. Mudou-se para os Estados Unidos, onde foi contratada para lecionar na Bryn Mawr College como professora visitante. Mas os anos de paz duraram pouco. Em 1935, após uma complicação em uma cirurgia para a retirada de um cisto no ovário, ela faleceu.

#universomisterioso #space #universe

Postar um comentário

0 Comentários