Universo Misterioso

QUANTO TEMPO DUROU A GUERRA DOS 100 ANOS?

Representação da guerra dos 100 anos - Wikimedia Commons

O pontapé inicial da confusão foi a reivindicação da coroa francesa pelo rei Eduardo III, da Inglaterra. Mas havia questões econômicas, como a disputa pela região de Flandres, importante produtora de tecidos.
No início do conflito, a Inglaterra levou vantagem e seus exércitos chegaram às imediações de Paris em 1346, quando já dominavam boa parte do norte da França, que enfrentava uma onda de revoltas camponesas. Os nobres franceses estavam muito ocupados com os saques em seus castelos para reagir ao invasor estrangeiro.
Assim, a França aceitou, em 1360, a Paz de Bretigny. Por ela, Eduardo III renunciava à coroa francesa, mas a França reconhecia o direito inglês aos territórios conquistados.
Os dois lados voltaram-se para seus problemas. Na Inglaterra, a sucessão de Eduardo III.

Na França, os irmãos do rei Carlos V, morto em 1380, brigavam para ver quem mandaria no país em nome de Carlos VI, declarado incapaz. Só em 1413, com a crise superada, o inglês Henrique V conseguiu tirar vantagem da discórdia entre os rivais e, apoiado pelo reino de Borgonha, ocupou Paris.

Em 1420, impôs o Tratado de Troyes, que garantia o trono francês a seu herdeiro. Aos poucos foi-se reacendendo o nacionalismo francês, personificado por Joana D’Arc, que inspirou milhares a lutar pela França. Em 1429, após a tomada de Orleans, Carlos VII foi coroado rei. Em 1436, Paris foi libertada. A partir daí, os ingleses foram sendo gradualmente derrotados, até serem definitivamente expulsos em 1453. Assim, a confusão existiu durante 116 anos. 

#universomisterioso #space #universe

Postar um comentário

0 Comentários