CIENTISTAS DESCOBREM "FÓSSEIS DE GELO" EM UM METEORITO


Cientistas descobriram “fósseis de gelo” enterrados em um meteorito primitivo de 4,6 bilhões de anos chamado Acfer 094, que atingiu o deserto do Saara em 1990. As informações encontradas podem conter pistas sobre o início do sistema solar - ajudando a compreender como os asteroides se formaram no sistema e como os materiais que estruturaram os planetas apareceram há alguns bilhões de anos.

Os pesquisadores encontraram o que acreditam ser restos de poeira de gelo, sulfeto e material orgânico que compõe “um dos blocos de construção de planetas no modelo de formação do sistema solar”, segundo Meguma Matsumoto, principal autor do estudo. Também conhecidos como litologia ultra-poderosa, o cientista afirmou que os restos do pó de gelo “parecem pequenos agregados fofos de grãos de silicato cobertos com um manto gelado de H2O”. 

No início do sistema solar, poeira em movimento, gás e, por vezes gelo, compactavam e formavam objetos, como asteroides rochosos ou protoplanetas (objetos astronômicos do mesmo tamanho da lua que são formados quando planetesimais ou corpos menores se combinam). Os pesquisadores explicaram que, conforme os objetos cresciam, o material inicial começou a derreter e recristalizar. 

Coautor do estudo e curador de petrologia do Museu de História Natural de Londres, Epifanio Vaccaro, disse que “este é o material de partida de onde todos os planetas, incluindo a Terra, vieram”. A pesquisa foi publicada no dia 20 de novembro, na revista Science Advances.

#universomisterioso #space #universe