Pesquisar este blog

Publicidade

sexta-feira, 29 de novembro de 2019

BURACO NEGRO GIGANTESCO LB-1 "NÃO DEVERIA EXISTIR" DIZ CIENTISTAS


Poucos fenômenos cósmicos permanecem tão assustadores e misteriosos quanto os buracos negros - regiões do espaço em que a atração gravitacional é tão grande que nada, nem mesmo a própria luz, pode escapar.

Buracos negros estelares (que não devem ser confundidos com os buracos negros supermassivos encontrados no centro das galáxias) geralmente se formam quando uma estrela suficientemente grande entra em colapso após a morte.

Um buraco negro recentemente descoberto, no entanto, situado a 15.000 anos-luz da Terra, é um colossal 70 vezes a massa do Sol - muito maior do que seria possível com base em nosso conhecimento atual da evolução estelar e da formação de buracos negros.

"Buracos negros dessa massa nem deveriam existir em nossa galáxia, de acordo com a maioria dos modelos atuais de evolução estelar", disse o líder do estudo, Liu Jifeng, do Observatório Astronômico Nacional da China.

"Agora os teóricos terão que aceitar o desafio de explicar sua formação".

De fato, o LB-1 tem o dobro do tamanho de qualquer outro buraco negro estelar conhecido na Via Láctea.

"Os astrônomos ainda estão apenas começando a entender a abundância de buracos negros e os mecanismos pelos quais eles se formam", disse o físico David Reitze, do Instituto de Tecnologia da Califórnia.

"A grande massa do LB-1 cai dentro de um intervalo conhecido como 'gap de instabilidade do par' onde as supernovas não deveriam tê-lo produzido".

"Isso significa que este é um novo tipo de buraco negro, formado por outro mecanismo físico".

#universomisterioso #space #universe

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Os mais lidos

Categorias

Universo Misterioso Space Universe Science Planeta Terra ciência Ovni Nasa Espaço Curiosidade Ufo Ufologia Universo Buraco Negro Space today Asteroide Galáxia Marte Meteoro Nebulosa Sol cientista mistério natureza EUA Estrelas Hubble Inteligência Artificial Lua Militares Robô Satélite Tubarão Zumbi Índia Alasca Algas Asteroides Australopithecus BOLA DE FOGO Biologia Brasil Capacete Caracól Caverna Chuva Deep Density Dinossauro Dragão Edscottite Elon Musk Energia Entomofobia Escultura Maia Estrela do mar Europa ExtraTerrestre Floresta Foguete Fotografia Frio Fungo Cordyceps Furacão Física Galaxias Galáxia de Andrômeda Geleira Google Groenlândia Grãos de Areia Huskies Siberianos Ilhas malvinas Insetos Interlestar Japão Jon Bower Júpiter Lago Natron Lula Molusco Luzes Misteriosas M64 Mamute Marinha Mecânica Quântica Mediterrâneo Medo Meio Ambiente Meteorito Microscópio NGC 6995 Naves Espaciais Nebulosoa do Golfinho Nêutrons Objeto Misterioso Parkers probe Pentágono Planeta 9 Planeta Gigante Pleidiana Polônia Prasenjeet Yaday Quântica Raio Reino Unido Roswell Rússia Sangue Saturno Serial Killer Simulador de Universo Tanzânia Teoria de Tudo The Isolator Thomas Edison Titanic Tubarões Túmulo Urso Marrom Veado raro Ventos Solares Viajante do Tempo apocalipse apollo arqueólogos astronauta astronautas baratas cHINA clima cometa cometa 20/Bonsov coruja branca câncer ebola esa estrôncio fenômenos anômalos físico fósseis genes livro secreto militar montanha-russa mulheres naufrágio navio nuvens oceano ovnis ozônio peixes pirâmides poluição quinta força rosa negra segunda guerra mundial sistema solar soldados sons estranhos urubu-barbudo vida ÓRBITA água