BURACO NEGRO NO CENTRO DA NOSSA GALÁXIA SUBITAMENTE AUMENTA SEU BRILHO


Alerta na Via Láctea – Buraco negro no centro da nossa galáxia subitamente aumenta seu brilho 75 vezes!

Os buracos negros não emitem luz sozinhos, mas o disco giratório de coisas em volta deles o faz. O chamado disco de acreção consiste em poeira, gás e destroços cósmicos que são puxados para o buraco negro, mas não ultrapassam o horizonte de eventos.

Às vezes, estrelas azaradas passando pela região sofrem com a enorme gravidade do buraco negro supermassivo e são assimiladas pelo disco de acreção. A hipótese para os picos no brilho do Sgr A * é que ele tem suas garras em um objeto incomumente grande e o puxa para o disco de acreção, embora o objeto possa ser desconhecido.

Os astrônomos continuarão estudando o Sgr A * e tentarão descobrir exatamente o que está acontecendo.

O telescópio Keck só tem mais algumas semanas, onde terá o ângulo certo para observar o Sgr A *, mas há mais quatro telescópios que foram apontados para ele durante todo o verão no hemisfério norte, com seus dados ainda a serem liberados.

Depois disso, o centro da nossa galáxia não poderá ser observado novamente até 2020. O que deixa um ponto cego de aproximadamente seis meses e, como todos sabem, os buracos negros só agem quando você não está olhando.