ASTRONAUTA DA NASA ASSUME TER VISTO OBJETOS INDESCRITÍVEIS A BORDO DA SS MIR


O capitão e astronauta Jerry Linenger, que sobreviveu ao incêndio mais grave já visto a bordo de uma espaçonave em órbita, é parte da elite que poucos experimentaram a Terra do espaço sideral. Linenger fornece uma perspectiva única da Terra - nosso planeta frágil, curiosamente calibrado, interconectado. Linenger foi responsável pela primeira vez que um astronauta americano conseguiu fazer uma caminhada espacial a partir de uma estação espacial não americana  enquanto usava um traje espacial estrangeiro.

Sobrevivendo a um incêndio durante uma das missões mais dramáticas da história espacial, Linenger passou quase cinco meses a bordo da Estação Espacial Russa Mir. Ele enfrentou inúmeros eventos com risco de vida, incluindo falhas repetidas de sistemas críticos de suporte à vida; e falhas de computador que fizeram a estação espacial cair incontrolavelmente através do espaço.

Ao completar a missão, Linenger percorreu 80 milhões de milhas, a distância equivalente a mais de 110 viagens de ida e volta à Lua. Ele foi o primeiro americano a desencaixar de uma estação espacial em uma cápsula russa da Soyuz e o primeiro a fazer uma caminhada espacial em um traje espacial russo. Em 2008, a NASA concedeu a Linenger a Medalha de Serviço Distinto, o maior prêmio conferido pela NASA, citando sua coragem e excelente serviço ao país.