Pesquisar este blog

Publicidade

sexta-feira, 22 de novembro de 2019

A PARKER SOLAR PROBE DA NASA


A Parker Solar Probe da NASA nunca mais voltará para a #Terra - mas ainda pode olhar para trás e ver de onde ela partiu.
.
A única câmera a bordo da sonda capturou uma foto do pálido ponto azul brilhando intensamente em um campo de estrelas.
.
Essa câmera é chamada #WISPR (Wide-field Imager for Solar Probe) e está realmente a bordo para permitir que a sonda fotografe a estrutura da atmosfera superior do #Sol, e nos deu esse belo presente.
.
A foto foi registrada quando a sonda passava pela órbita de #Mercúrio!!! O ponto mais brilhante é o Planeta Terra e o menos intenso abaixo a esquerda do nosso planeta destaca-se a #Lua.
.
Mais uma linda foto do nosso #planeta tirada no ponto mais interno do Sistema Solar!


#universomisterioso #space #universe

quinta-feira, 21 de novembro de 2019

RARO VEADO COM 3 GALHADAS É AVISTADO NOS ESTADOS UNIDOS


Em mais um dia de neve no estado norte-americano de Michigan, o fotógrafo amador Steve Lindberg saiu de casa sem muito otimismo de que iria encontrar um animal para registrar. Mas acabou fazendo fotos de um raro e impressionante veado com três galhadas.

Minutos antes de avistá-lo, Lindberg havia tido outra surpresa ao ver uma lontra comendo um peixe próximo a um lago congelado. Ele contou ao canal BBC que pensou até que a lontra renderia “a foto do dia”.

Mas o fotógrafo estava enganado. Quando o homem se aproximava de seu carro, logo percebeu um casal de veados: uma fêmea, acompanhada do animal especial. “Cinco dias antes da temporada de caça em Whitetail Deer e olhe quem eu vejo, junto da namorada dele. Um veado com três galhadas”, escreveu o fotógrafo no Facebook.

Diferente de chifres, as galhadas são estruturas ósseas ramificadas e servem para que os veados machos briguem entre si por fêmeas durante o período de acasalamento. A cada ano, esses animais trocam suas galhadas, que crescem renovadas.

Ao site site IFLScience, Tim Clutton-Brock, diretor do Grupo de Pesquisa Animal da Universidade de Cambridge, contou que o veado pode ter adquirido três galhadas como resultado de uma “deformação natural”. O dano teria surgido no nascimento provavelmente no pedículo, que é o ponto de fixação no crânio do animal de onde surgem as galhadas.

Outra hipótese seria que a estrutura extra teria surgido após o animal ter se machucado. Muitas vezes atritos na região onde ficam as galhadas podem deformá-las. Clutton-Brock acredita que essa deformação pode ser algo bom ou ruim.

Isso porque depende da força que a terceira galhada possui. Em uma batalha com outros machos da espécie, o veado pode ter vantagem se a estrutura der força, mas se for fraca ela pode impedir a luta para atrair uma fêmea. O que sabemos é que o raro veado com uma galhada extra parece ter se dado bem - afinal ele já possui uma companheira.

#universomisterioso #space #universe

quarta-feira, 20 de novembro de 2019

ENTOMOLOGISTA DIZ TER EVIDÊNCIAS DE VIDA EM MARTE


O professor emérito da Universidade de Ohio, William Romoser, analisou várias fotos de vários jipes-sonda em Marte e encontrou formas semelhantes a insetos e répteis nas imagens, parecendo confirmar que a vida existe no Planeta Vermelho.
Enquanto os cientistas se esforçam para determinar se há vida em Marte, a pesquisa do professor emérito William Romoser da Universidade de Ohio mostra que já temos as evidências, cortesia de fotografias de vários jipes-sonda de Marte.
O Dr. Romoser, especialista em arbovirologia e entomologia geral/médica, passou vários anos estudando fotografias do planeta vermelho que estão disponíveis na Internet. Ele encontrou vários exemplos de formas semelhantes a insetos, estruturadas de maneira semelhante às abelhas, bem como formas semelhantes a répteis, tanto como fósseis quanto criaturas vivas. Ele apresentou suas descobertas na terça-feira, 19 de novembro, na reunião nacional da Sociedade Entomológica da América, em St. Louis, Missouri – EUA.
Romoser disse que, embora os veículos marcianos, particularmente o veículo Curiosity, procurem indicadores de atividade orgânica, há várias fotos que mostram claramente as formas de insetos e répteis. Numerosas fotos mostram imagens em que os segmentos do corpo dos artrópodes, junto com as pernas, antenas e asas, podem ser retirados da área circundante, e um deles parece até mostrar um dos insetos em um mergulho íngreme antes de retornar para cima antes de atingir o chão.

#universomisterioso #space #universe

Os mais lidos

Categorias

Universo Misterioso Space Universe Science Planeta Terra Ovni ciência Nasa Espaço Ufo Ufologia Universo Curiosidade Buraco Negro Galáxia Meteoro Nebulosa Sol Space today mistério Asteroide EUA Estrelas Hubble Inteligência Artificial Lua Marte Robô Satélite Tubarão Zumbi cientista natureza Índia Alasca Algas Asteroides Australopithecus Biologia Brasil Capacete Caracól Caverna Chuva Deep Density Dinossauro Dragão Edscottite Elon Musk Energia Entomofobia Escultura Maia Estrela do mar ExtraTerrestre Floresta Foguete Fotografia Frio Fungo Cordyceps Furacão Física Galaxias Galáxia de Andrômeda Geleira Google Groenlândia Grãos de Areia Huskies Siberianos Ilhas malvinas Insetos Interlestar Japão Júpiter Lago Natron Lula Molusco Luzes Misteriosas M64 Mamute Marinha Mecânica Quântica Mediterrâneo Medo Meio Ambiente Meteorito Microscópio Militares Naves Espaciais Nebulosoa do Golfinho Nêutrons Objeto Misterioso Parkers probe Planeta 9 Pleidiana Polônia Prasenjeet Yaday Quântica Raio Reino Unido Roswell Rússia Sangue Saturno Serial Killer Simulador de Universo Tanzânia Teoria de Tudo The Isolator Thomas Edison Titanic Tubarões Túmulo Urso Marrom Veado raro Ventos Solares Viajante do Tempo apocalipse apollo astronauta astronautas baratas cHINA coruja branca câncer ebola estrôncio fenômenos anômalos fósseis genes livro secreto militar montanha-russa mulheres naufrágio navio nuvens oceano ozônio peixes poluição rosa negra segunda guerra mundial sistema solar soldados sons estranhos urubu-barbudo